A História de Ester

A História de Ester

UMA MULHER DE CORAGEM E SUBMISSÃO

O meu nome é Ester. A  história da minha vida é lida como um rápido romance que possui um enredo cheio de intrigas, assassinatos planejados, corrupção, ódio e medo, que chegam quase a culminar no genocídio de meu povo, a nação judaica.

Meus pais morreram quando eu era muito jovem, deixando-me aos cuidados de meu primo Mardoqueu, um homem bom, sábio nos caminhos de Deus e do mundo. Ele cuidou de mim durante todos os anos de minha juventude, investindo na minha educação e crescimento. Teve sempre em mente os meus melhores interesses, e quis me dar todas as oportunidades.

De seu posto em frente ao palácio, um dia Mardoqueu ouviu que o rei Xerxes tinha ficado muito descontente com sua esposa, a rainha Vasti não atendeu ao seu pedido de vir até ele durante uma grande festa, perante uma multidão de homens bêbados. Por ter-lhe negado o pedido, o rei, em sua fúria, a destronou, rejeitando-a como pessoa e como rainha, de um momento para o outro. Foi quando Mardoqueu deu início a um plano.

Era óbvio que uma nação e o rei tinham de ter uma rainha. Por isso, jovens donzelas do império foram selecionadas e trazidas a Hegai, camareiro do rei, para serem preparadas para o dia em que seriam apresentadas ao rei, que faria a escolha de sua futura rainha. Meu primo, Mardoqueu, levou-me também para fazer parte deste grupo de jovens moças. Encontrei favor aos olhos de Hegai, que me deu atenção especial. Durante um ano inteiro cuidaram bem de nossa nutrição e nos trataram com todo o tipo de cosmético para que nossa pele e cabelos se tornassem macios e bonitos! Hegai deu-me sete ajudantes que cuidaram de todas as minhas necessidades. Houve dias em que eu mal podia acreditar no que estava me acontecendo…eu, uma órfã judia... sendo preparada para estar na presença do próprio rei!

Havia chegado o dia em que todas nós fomos apresentadas ao rei. Eu estava tão animada e nervosa por ter aparecido perante o rei Xerxes, que mal me lembro dos detalhes daquele dia; mas dos dias que se seguiram nunca me esquecerei. Fui chamada  pelo rei, que disse que me amava acima de todas as outras mulheres! Ele colocou a coroa real sobre a minha cabeça, convocou um banquete, regozijando-se por me fazer rainha! De órfã à rainha... oh, Deus, meu Pai, como o Senhor vigia por mim de forma milagrosa!

Depois de me tornar rainha, uma enorme conspiração foi feita por um homem mau, chamado Hamã, que queria vingar-se de um judeu que odiava, conseguindo que o rei emitisse um edital para matar TODOS os judeus do reino! O rei, não percebendo exatamente o que estava acontecendo, assinou o decreto que foi enviado à todas as cidades e aldeias. Todo o meu povo ficou chocado e dominado por tristeza. O meu primo me contatou pedindo-me que estivesse disposta a interceder pela vida de meu povo, apresentando-me ao rei para pedir-lhe que se revogasse a lei que ele tinha assinado.

Apesar de muita intriga, Deus me deu sabedoria, e concordei em tomar esta atitude arriscada. A lei dizia que ninguém poderia apresentar-se ao rei a menos que tivesse sido chamado. Eu assim faria, arriscando minha vida, mas apelando ao rei em nome do meu povo. Mardoqueu disse: “Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha”? Eu disse: “Sim, eu irei, e se eu tiver que morrer, morrerei.

Um grande medo encheu meu coração enquanto me vestia para entrar na presença do rei. Ao me aproximar, o meu coração batia tão rapidamente que eu o podia ouvir, e quando pensei que ia desmaiar, o rei estendeu-me o seu cetro, me recebendo na sua presença! Ah, me enchi de alegria!

Mas quando tive de fazer o pedido para o meu povo, outro medo ainda maior veio sobre mim: E se ele recusasse? E se ele mandasse me matar logo no local? Mas Deus, diante de meu grande medo e por causa da Sua vigilância sobre mim, concedeu-me favor aos olhos de meu marido. O rei concedeu-me tudo o que eu queria, oferecendo-me até mesmo a metade do reino! Quando apresentei o meu pedido, ele concordou prontamente em revogar o decreto de morte, permitindo que o meu povo lutasse por sua vida.

Para conhecer como tudo isto aconteceu, com enredos intrincados e detalhes de tirar o fôlego, leia a história da minha vida no livro que leva o meu nome, Ester, no Antigo Testamento da Bíblia.

Deus tem sido tão gracioso para comigo, vigiando por mim quando tomei coragem, estando disposta a me submeter à Sua vontade. Vou amá-LO para sempre!

By Mary Fawcett

 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados