Deus está vigiando em nossa luta pela alma dos outros

Deus está vigiando em nossa luta pela alma dos outros

Há poucos minutos, fui informada de que um parente disse aos pais que queria ir para o inferno. Quase perdi o fôlego e tive que clamar ao Senhor o mesmo clamor que Jesus fez na cruz: “Pai, perdoa-lhes (ele), porque ele não sabe o que faz”. De repente, meu lindo dia ensolarado se transformou em tristeza.

Ao mesmo tempo, percebi que estava sendo chamada para mais uma batalha pela alma preciosa de um jovem enganado, rebelde e ingrato, que não tem ideia do horror que as palavras que proferiu significariam para a eternidade.

Pessoas que tiveram um encontro com o Senhor Jesus Cristo e conhecem Seu maravilhoso amor e cuidado ficam profundamente tristes ao ouvir tal declaração de alguém, muito mais de um membro da família. Mas, exatamente porque conhecemos e amamos Jesus, também somos chamados a entrar na batalha espiritual pela própria vida desta pessoa enganada ... aquele que é mantido cativo pelo inimigo de todas as almas, o diabo, que veio para roubar, matar e destruir.

Como podemos lutar uma batalha tão feroz? Por não se apoiar na força humana, mas como a Escritura ensina, “oração e jejum”. Quando Jesus foi confrontado ao descer do Monte da Transfiguração com o pai cujo filho também estava nas garras do inimigo das almas, e com os discípulos que não foram capazes de expulsar o demônio que o controlava, nosso Senhor disse: “Este tipo só sai com oração e jejum.” Mateus 17:21

Quando jejuamos e oramos por uma alma, estamos em solo sagrado e obedecemos ao comandante do exército de crentes que são chamados para esta batalha. E podemos ter certeza absoluta de que não estamos sozinhos nesta batalha, mas sim nosso querido Senhor Jesus Cristo está definitivamente vigiando por nós, pois Ele mesmo nos chamou para a batalha e prometeu nunca nos deixar ou nos abandonar!

Por Mary Fawcett

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados